Mamoplastia (Implante de Silicone nos Seios)

O aumento dos seios — também conhecido como mamoplastia de aumento — é uma cirurgia que envolve a colocação de implantes mamários sob o tecido mamário ou os músculos do peito. Para algumas mulheres, o aumento dos seios tem fins estéticos, é uma maneira de se sentir mais confiante; para outras, pode ser um procedimento de reconstrução, ou correção de desigualdade entre as mamas.

Como funciona a Mamoplastia?

Há diversos tipos de implantes: lisos ou texturizados, redondos ou com formato de lágrima, solução salina ou silicone, além de várias opções de técnicas cirúrgicas.

Para inserir o implante mamário, o cirurgião faz um único corte (incisão) em um dos três locais: No vinco sob o peito; Debaixo do seu braço, ou; Ao redor do mamilo. Depois de fazer uma incisão, o cirurgião separará os tecidos e inserirá o implante, centralizando-o atrás do mamilo. Quando o implante estiver no lugar, o cirurgião fechará a incisão e a enfaixará com adesivo de pele e fita cirúrgica.

Antes e depois da Mamoplastia

Após o procedimento, você provavelmente sentirá alguma dor e também inchaço ​​por algumas semanas. As cicatrizes desaparecem com o tempo, mas não completamente. Enquanto você estiver se recuperando, poderá ter de usar bandagem de compressão ou sutiã esportivo para apoio e posicionamento extras dos implantes mamários. Seu cirurgião também pode receitar analgésicos.

Se o seu cirurgião usou suturas que não absorvem sozinhas ou colocou tubos de drenagem perto dos seus seios, você precisará de uma consulta de acompanhamento para remoção.  

Resultados

O aumento dos seios pode alterar o seu tamanho e forma. A cirurgia pode melhorar sua imagem corporal e auto-estima, mas mantenha suas expectativas realistas e não espere perfeição. Se você ficar insatisfeito com a aparência dos seus seios, poderá precisar de mais alguns procedimentos para corrigir esses problemas.

Perguntas mais frequentes sobre Mamoplastia

  1. Há os riscos na Mamoplastia?
    Sim. Como todo procedimento cirúrgico, a mamoplastia apresenta certos riscos. Entre eles: O tecido cicatricial pode distorcer a forma do implante mamário; dor no peito; infecção; alterações na sensação mamilar e mamária; vazamento ou ruptura do implante.
  2. Como ficam as cicatrizes?
    Dependendo da técnica empregada, da quantidade de pele excedente e do volume de mama a ser retirado pode haver variações quanto às cicatrizes. Elas podem ser muito reduzidas, ficando situadas em forma de “T” invertido, na parte inferior da mama. Aquela situada em torno da auréola fica bastante disfarçada pela própria condição de transição de cor entre a auréola e a pele normal.
  3. Qual o tipo de anestesia?
    Anestesia geral, local ou peridural, dependendo do caso.

Ficou com alguma dúvida? Converse com seu médico antes de decidir fazer o procedimento de Mamoplastia. Nossa equipe está à sua disposição para lhe auxiliar no que for preciso, entre em contato.